Métrica e KPI: O que são e qual a diferença entre eles?

Tempo de leitura: 8 minutos

Você mensura as ações realizadas na sua empresa? Se sim, provavelmente utiliza os indicadores métrica e KPI, certo? Mas antes de mais nada, você sabe o que são e qual é a diferença entre eles?

Os resultados das métricas e KPIs podem trazer muitas respostas para o planejamento estratégico de uma organização e é muito importante saber para o que eles servem e como podem ser utilizados.

É sobre isso que vamos falar a seguir. Continue a leitura e aproveite nossas dicas!

O que são métricas?

As métricas possibilitam mensurar, monitorar e gerir as estratégias de uma empresa. Elas apresentam informações sobre quais estratégias devem ser continuadas, aperfeiçoadas ou abandonadas.

O que são KPIs?

KPIs ou Indicadores chave de desempenho, são criados a partir das métricas. São eles que indicam de forma percentual ou numérica o resultado de uma ação e por onde é avaliado o desempenho da organização.

Eles são essenciais nos diversos departamento de uma empresa, pois apontam os reais resultados dos investimentos feitos, seja em gestão de pessoas, na otimização de processos, na redução de gastos, no aumento da produtividade dos colaboradores e vários outros.

Entre as categorias existentes, algumas bastante utilizadas são:

  • Indicadores de produtividade

Esse KPI se refere ao esforço dos funcionários x resultados entregues. Ou seja, quanto foi produzido pelo funcionário e quais recursos foram necessários para alcançar este resultado.

  • Indicadores de capacidade

Indica qual a capacidade de produção e em quanto tempo. Ex: Quantas peças uma fábrica consegue produzir em um determinado período.

  • Indicadores de qualidade

Está ligado a satisfação e aceitação dos clientes com um produto ou serviço entregue. Se o produto ou serviço foi entregue dentro de todos os parâmetros de qualidade estabelecidos pela empresa.

  • Indicadores estratégicos

Aponta a situação da empresa em relação ao planejamento feito. Possibilita comparar resultados, controlar objetivos e repensar formas para melhoria contínua de processos.

Diferenças entre métrica e KPI

Métrica e KPI são indicadores de gestão, mas basicamente a diferença entre eles é que um é a base do outro, um dá continuidade ao outro.

As métricas são informações sobre o negócio, os KPIs são resultados de alguma ação que foi tomada com base nas métricas.

Exemplo 1:

  • A quantidade de leads da sua base é uma métrica;
  • O custo de aquisição por lead (valor investido / quantidade de leads) é um KPI;

 

Exemplo 2:

  • A quantidade de funcionários da sua empresa é uma métrica;
  • O custo médio do funcionário (valor total da folha de pagamento / quantidade de funcionários) é um KPI

Setores como RH, marketing e financeiro são alguns dos vários que usam bastante os indicadores de gestão, tanto para medir ações estratégicas quanto para controlar a saúde financeira da empresa.

Alguns exemplos de métricas e KPIs bastante utilizados são:

 

Setor de RH

1) Métrica RH – Índice de rotatividade de pessoal (Turnover)
O Turnover compara o número de colaboradores admitidos e demitidos em um mesmo período de tempo. Essa mensuração pode indicar por exemplo, alguma falha na gestão ou mesmo insatisfação com as condições de trabalho em relação ao ofertado no mercado de trabalho.

2) KPI RH – Índice de rotatividade de pessoal (Turnover)
A alta rotatividade de funcionários gera custos adicionais para a empresa, com rescisões contratuais ou com novas admissões. O KPI tem como objetivo mostrar em números o prejuízo causado com o alto nível de substituições e como isso pode impactar negativamente na saúde organizacional.

3) Métrica RH – Absenteísmo e atrasos
No absenteísmo é possível medir o índice de faltas dos colaboradores e o que está causando essas faltas e também atrasos. Podem ser motivos relacionados a própria empresa, como as condições de trabalho, falta de perspectiva ou de cunho pessoal, como depressão, entre outros.

4) KPI RH – Absenteísmo e atrasos
Ausências e atrasos podem gerar queda no rendimento da equipe. Então, esse indicador pode mostrar o quanto a empresa perdeu com essa baixa na produtividade devido ao desfalque na equipe.

 

Setor de Marketing

1) Métrica Marketing – Retorno sobre investimento (ROI)
O ROI calcula o percentual de retorno sobre um investimento feito, permitindo mensurar a relação entre o capital que foi investido em determinado projeto e o que ele gerou de lucro ou de prejuízo.

2) KPI Marketing – Retorno sobre investimento (ROI)
Suponhamos que foi feito um vídeo para promover um produto da sua empresa. O valor faturado com ele foi de R$40.000,00 e os custos com a sua produção totalizaram R$10.000,00.

Preenchendo a fórmula, temos:

ROI = 40.000 – 10.000 / 10.000
ROI = 3
Calculando a taxa percentual:
3 x 100 = 300%
Logo, o retorno foi superior ao valor investido, considerado muito bom.

3) Métrica Marketing – Ticket Médio
O ticket médio é o valor que cada cliente gasta, em média, com os produtos ou serviços de uma empresa ou o quanto uma empresa fatura em média com cada cliente.

4) KPI Marketing – Ticket Médio
Fórmula: ticket médio mensal = Receita do mês / Número de clientes do mês

Exemplo:
Uma determinada campanha realizada lucrou R$30.000,00 vendendo para 100 clientes, isso representa um ticket médio de R$300,00.

 

Setor Financeiro

1) Métrica Financeiro – Pagamento e Recebimento
Os pagamentos e recebimentos permitem o controle de todo capital que entra e sai de uma empresa. E para que esse caixa esteja sempre positivo é importante gerenciar sua movimentação.

Os indicadores de gestão podem ajudar nessa tarefa apresentando a real situação financeira de forma atualizada para que a partir disso possam ser tomadas decisões seguras.

2) KPI Financeiro – Fluxo de Caixa
Nesse indicador é possível monitorar a visão diária e mensal do caixa. Obter informações de lançamentos como pagamentos e recebimentos, visualizar valores agrupados por dia e natureza financeira, avaliar os acumulados no mês, além de valores negativos e positivos.

3) Métrica Financeiro – Lucratividade
Lucro é o que mantém uma empresa funcionando e é o grande interesse dos empreendedores. Essa métrica visa mostrar o lucro final, livre de impostos e descontos. É o que aponta se a empresa está tendo lucro ou prejuízo.

4) KPI Financeiro – Lucratividade
Esse KPI aponta se o lucro da empresa está alto ou baixo, com base nessas informações o gestor deverá avaliar se cortará gastos ou aumentará seus preços, por exemplo.

Fórmula: lucratividade = lucro líquido / receita bruta x 100

Suponhamos que o lucro mensal de uma empresa foi de R$ 40.000,00 e a receita bruta foi de R$ 150.000,00

R$ 40.000 / R$ 150.000 x 100 = lucratividade de 26,06%.

Leitura e análise das métricas e KPIs

O processo de mensuração de ações e resultados deve ser uma prática frequente, possibilitando a comparação de resultados e uma melhor elaboração de planejamentos estratégicos.

É importante que as informações coletadas para essa mensuração sejam confiáveis e seguras, e para isso nada melhor do que observar os indicadores de gestão em tempo real, não é mesmo?

Existem no mercado, soluções de Business Intelligence que viabilizam muito esse processo tornando a leitura e análise dos indicadores mais fáceis e rápidas.

As soluções BI são grandes aliadas no momento de cruzar informações e gerar indicadores de gestão conclusivos e de fácil compreensão, permitindo ações fundamentadas na real situação da empresa.

Um bom exemplo de solução inteligente é o Power BI, produto da Microsoft que reúne um conjunto de ferramentas para análise de informações corporativas que permite o desenvolvimento de dashboards e indicadores de gestão de forma fácil, rápida e intuitiva.

O Power BI conecta com inúmeras fontes de dados, bem como, Páginas Web, Planilhas de Excel e qualquer Banco de dados, além de ser uma ferramenta que segue o conceito Self-Service BI, de fácil utilização, permitindo que usuários de negócio consigam desenvolver seus próprios dashboards sem o auxílio da equipe de TI.

 

Não resta dúvidas de que para garantir a saúde do seu negócio você precisará constantemente planejar ações e medir resultados.

Utilizar métricas e KPIs como forma de monitorar suas metas e agir de acordo com as informações que eles apontam é a melhor maneira de assegurar o sucesso do seu negócio.

 

E aí, o que achou de nossas dicas? Deixe seu comentário.
Siga-nos também nas redes sociais: Facebook e LinkedIn.

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

Receba nossa newsletter