5 dicas para otimizar investimentos e reduzir custos em RH

Todo profissional de RH sabe da importância de otimizar investimentos e reduzir gastos nas empresas onde atuam. Mas nem todo mundo sabe o que deve ser feito para gerar economia de verdade e conquistar investimentos rentáveis para a organização.

Para conseguir economizar sem perder a qualidade nos serviços, o RH deve focar em estratégias da forma mais ampla possível. Afinal, ele tem como missão saber conduzir com excelência a gestão de pessoas e recursos,  além de estar envolvido em todos os processos e setores da empresa.

Diminuir as despesas e contribuir para o aumento do faturamento da empresa são prioridades máximas atualmente em qualquer empresa, e a saúde financeira de uma organização está diretamente ligada a uma boa gestão dos custos e receitas. Por esse motivo, separamos 5 dicas valiosas que podem te ajudar a reduzir gastos e otimizar os investimentos da sua empresa.

Confira:

1. Acerte na contratação

Acertar na contratação significa poupar gastos consideravelmente. Os processos de recrutamento, seleção, contratação, treinamento e demissão geram altos custos para a empresa, uma que vez que é feito um investimento não só no profissional de RH responsável, mas também no indivíduo contratado.

O turnover é uma métrica que deve ser acompanhada nesse sentido. O índice aponta a rotatividade de colaboradores de uma organização, e pode mostrar grandes desperdícios dos recursos da empresa.

Assim, melhorar o processo de contratação é fundamental, uma vez que um colaborador qualificado desempenha suas tarefas com eficiência, reduz a probabilidade de retrabalho e ainda contribui para o aumento dos lucros com a sua produção. Com isso, a empresa só tem a ganhar!

2. Invista em treinamentos e em um ambiente agradável

Promover a motivação através de treinamentos ricos e capacitação de pessoal é sempre uma ótima ideia:  transmite reconhecimento e incentiva a dedicação por parte dos colaboradores. Quando os funcionários trabalham motivados, sua produtividade aumenta e a performance da empresa também cresce, fazendo com que a organização  se destaque perante a concorrência.

Além disso, outra forma de reduzir gastos no RH é tornar o ambiente de trabalho um local agradável, mediando os conflitos eventuais, para que os colaboradores se sintam à vontade onde passam a maior parte do dia. A cultura empresarial deve refletir esse mesmo padrão.

Desse modo, desenvolver lideranças, implantar planos de carreira e processo seletivo internos são formas de fortalecer esse aspecto.

3. Tecnologia e automatização de processos

A tecnologia é de suma importância para reduzir gastos no departamento de RH, o que vai refletir em diversas áreas da empresa. Existem soluções inteligentes que absorvem com facilidade todos os dados ligados a recrutamento e seleção, por exemplo:

● Avaliação de desempenho;

● Segurança do trabalho;

Treinamento e capacitação;

● Controle de benefícios;

Aumentar  a confiabilidade das informações;

● Eliminando drasticamente a necessidade de retrabalhos, pois substitui as confusas planilhas de Excel por gráficos objetivos com atualizações em tempo real.

Nem precisamos dizer que com toda essa praticidade, a produtividade e a competitividade da empresa só tendem a crescer.

Essa tecnologia tem nome, nós estamos falando de Business Intelligence, uma solução interativa, de fácil utilização, que se adequa ao tamanho da sua empresa – seja ele qual for – e também à sua necessidade. Utilizar as soluções de BI é garantia de assertividade, redução de custos e maior produtividade em menos tempo.

4. Terceirize serviços e foque no seu negócio

A terceirização é uma prática comum que muitas empresas adotam. Serviços em setores de call center, de limpeza e de segurança por exemplo, são geralmente terceirizados. Com isso, a parte de recrutamento e seleção, encargos trabalhistas e treinamentos fica sob a responsabilidade da empresa contratada, se tornando vantajoso na redução de despesas.

Vale lembrar que é imprescindível que o RH tenha atenção e confiança nas empresas que pretende terceirizar serviços, para que não haja transtornos causando prejuízos para a própria empresa.

5. Faça campanhas internas

Economizar nas despesas consideradas pequenas, como em copos descartáveis, materiais de escritório, materiais de limpeza e higiene, bem como água, luz e ligações telefônicas fazem uma grande diferença do final do mês.

Uma boa dica é fazer campanhas internas para promover a conscientização dos colaboradores no uso desses itens:

● Evitar o desperdício de copos;

● Incentivar que cada um leve sua caneca ou garrafa;

Reutilizar papel como rascunho e imprimir somente o necessário;

● Desligar o ar condicionado, as luzes e os computadores ao sair;

Trocar as lâmpadas ou implantar sensor de presença para gerar economia de energia.

Essas e outras atitudes vão contribuir e muito para a redução de gastos na empresa.

Gostou do conteúdo desse artigo? Compartilhe essas dicas valiosas com seus colegas da área!

Business Intelligence para instituições de ensino

Baixe agora

Deixe o seu comentário

Receba nossa newsletter